Geração

Bernardo Santos

 

Subitamente

caiu a noite

de perdas

desenganos

desamores

decepções.

Se prolongou

através do medo

desespero

insegurança

incerteza.

Transformou

o homem

em criança

indefesa.

Em gritos

choques

atritos

risadas

que tornaram

desafios.

Noites e noites

que terminam

com todos os ideais,

egos

narcisismos

caretismos

porque eles giram

entre si

formando uma vida

um amor

de um tempo

passado,

deixando fora

de combate

tristonha amargura

da morte.



Gosto de Veneno

Bernardo Santos

 

O céu nublado

derramava na terra

o orvalho do amanhecer

do cansaço da noite.

Palavras sentimentais

eram transmitidas

e o seu ecoar

trazia dos lábios

o gosto amargo

de veneno.


 
 

© 2010/18 - Bernardo Santos - Todos os direitos reservados

Lay-out e Hospedagem: Uol Host

Imagens de Abertura das Páginas: Licença Royalt-Free

Fotos: Arquivo Pessoal e Divulgação



  Site Map